quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Desordem em Mim


Dói tanto! O sangue transborda das veias, escorre pela boca, banha todo o meu corpo. Vai se derramando, escorrendo, molhando minha roupa, estragando os meus sapatos. Uma dor em ação.
A lâmina, causadora da ruptura, responsável pelo derramamento, me traz alívio e esvaziamento do desespero. A noite, muitas das vezes, se mostra infindável. É como se fosse um imenso inverno que não vai embora; uma estação que não acaba.

Já perdi as contas de quantas vezes, motivado pelo desespero, em frente ao computador ou em meu caderno de notas, desaguei rancor, vomitei mágoas e demonstrei  meu ódio.

Teci palavras desesperadas, um emaranhado de dor em forma de léxico. Às vezes paro, olho, e logo percebo que tal construção já se tornou redundante. A cada texto me escondo atrás das metáforas, de palavras que parecem estranhas aos olhos outros. Letras molhadas de água.
Minha amargura existe, não a escondo. Talvez eu não consiga externar a acidez dentro do meu ser. São tantos machucados, que minha alma está em carne viva.
Hoje, ou talvez sempre, eu seja uma tentativa, um livro monótono que o leitor não tem ânimo pra ler até o fim.
A partir de agora não sei mais o que faço. Dói muito, muito, quero quebrar meu quarto. Acho que o jogo já acabou.

Tchau.




3 comentários:

fotos disse...

RAFAEL EU LI SEU COMENTARIO ,SEU SOFRIMENTO,POI TUDO NAS MAO DO SR JESUS ELE PODE RESOLVER SUA VIDA,JESUS SOFREU TANTA POR NOS ,INOCENTE SO ELE PODE TE AJUDAR, TENHA FORÇA JOVEN VC TEM TUDO PELA FRENTE EU QUERO KE DEUS TE ABENÇOE MUITO KE TIRA TODAS ESTA SUAS AMARGURA, ALEVIA TODAS SUAS DORES , ABRAÇO DE SUA AMIGA KE TB SOFRE

Raphinha o Sonhador! disse...

Ô minha querida, fico muito feliz por ter lido o meu post e , claro, por acompanhar meu blog. God Bless You, my dear.

Pecado Capital disse...

É vc tem talento para fazer as pessoas sentirem o que escreve.
Muito bom mesmo.
Espero que seja só um desabafo do personagem.
Vou seguir vc aqui, se puder passe no meu blog e veja se gosta.
Abraços e sucesso.